Notícias 10 Jun
Consulta ao 1º lote de restituição do Imposto de Renda 2019 está liberada

          A Receita Federal liberou nessa na segunda-feira (10), a consulta ao primeiro lote de restituições do Imposto de Renda 2019. O pagamento total de R$ 5,1 bilhões cairá na conta de 2.573.186 contribuintes em 17 de junho. Idosos e deficientes têm prioridade nesse primeiro lote. 
          A consulta também estará disponível para quem caiu na malha fina em anos anteriores, de 2008 a 2018, e regularizou a situação.

 

  • Como checar 

          Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet (http://idg.receita.fazenda.gov.br), ou ligar para o Receitafone 146. 
          A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.
          Segundo a Receita, do total dos contribuintes que receberão nesse lote, 245.552 são idosos acima de 80 anos, 2.174.038 têm entre 60 e 79 anos e 153.596 são contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave. 
          O valor da restituição do IR é corrigido pela Selic (taxa básica de juros), mas, após cair na conta, não recebe nenhuma atualização. A correção para o IR 2019 é de 1,54%. Para restituições de anos anteriores, a correção vai de 7,7% (correspondente a 2018) a 109,82% (correspondente a 2008).

 

  • O que fazer se não pagarem? 

          Caso tenha direito e o valor não tenha sido creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento: 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Confira o cronograma de restituição do imposto de renda 2019.

 

 

                                                                                                                                                       - Receita Federal - 
 

Deixe um Comentário

Cadastre-se e receba gratuitamente novidades, dicas e muito mais conteúdo especial que preparamos para você!